"É impossível acreditar que a administração Obama não sabia da escuta de comunicações telefônicas de Merkel por causa de, como se alega, 'enorme volume de operações realizadas pela NSA’. Isso é simplesmente ridículo," escreveu Pushkov em seu microblog no Twitter.
De acordo com a informação publicada hoje em The Wall Street Journal, durante mais de 5 anos que a NSA espionava 35 chefes de Estado e de governo até ao momento em que isso foi descoberto pela administração Obama, que deu a ordem para acabar com a vigilância.