A revista publicou uma sinopse de pesquisas efetuadas nos últimos anos na Suíça. Após analisarem as amostras recolhidas em objetos pessoas de Arafat, os pesquisadores suíços detectaram neles um elevado nível de radiação.
Com base no relatório emitido pelos investigadores suíços, o tribunal de Paris instaurou um processo tendo por objeto o suposto envenamento de Yassir Arafat e em 27 de novembro de 2012 se procedeu à exumação do corpo. Os peritos russos envolvidos nas pesquisas concluirão a investigação dos restos mortais de Arafat até final de 2013.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_10_13/Pesquisas-confirmam-que-Arafat-foi-envenenado-com-polonio-210-8171/