Sabe-se também que os militantes, baseados perto da cidade de Ajdabiya, no norte da Líbia, começaram, na quinta-feira passada, a deter caminhões com números egípcios. Todas as pessoas sequestradas encontram-se em um local bem protegido. O comandante do grupo declarou à mídia que os reféns "são bem tratados, como os convidados".
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_10_19/Militantes-na-Libia-ameacam-matar-77-refens-egipcios-1002/