"A economia norte-americana é a maior do mundo. Se ela sofrer perturbações, isso afetará todos", disse Putin.
"Estamos muito interessados na recuperação rápida e crescimento constante da economia dos EUA, visto que queremos cooperar com os nossos parceiros americanos".