Segundo o porta-voz do Ministério da Defesa, o sistema acompanhará cerca de 10 tipos de perigos biológicos, inclusive o antraz e a varíola, assim como diversas armas biológicas, tomando medidas de luta contra eles.
"As partes combinaram criar um sistema para prevenir com maior eficiência catástrofes e atentados terroristas biológicos, numa altura em que os perigos nacionais e internacionais são cada vez mais frequentes", declarou o ministério.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_10_20/coreia-do-sul-e-eua-combinaram-combate-ao-terrorismo-biologico-7768/