Os documentos divulgados mostram que as agências de inteligência australianas espionavam países asiáticos. A direção de defesa radioeletrônica da Australia recolhia informações de inteligência através das embaixadas do país em Jacarta, Bangkok, Hanoi, Pequim, Nova Deli e outras capitais do mundo. Os diplomatas não sabiam da espionagem.
Relata-se também que a operação Stateroom está sendo conduzida em conjunto por cinco países: EUA, Austrália, Canadá, Reino Unido e Nova Zelândia. Sua união foi chamada Five Eyes (Cinco Olhos), e os Estados Unidos estão dirigindo o trabalho.
Leia mais: http://portuguese.ruvr.ru/news/2013_10_31/inteligencia-australiana-acusada-de-espionagem-8563/