domingo, 21 de outubro de 2012

INGLATERRA DESESPERADA E FLAGELADA PELOS JUDAICO SIONISTAS




INGLATERRA DESESPERADA E FLAGELADA PELOS JUDAICO SIONISTAS

A Inglaterra é governada por um “CAVALO DE TRÓIA SIONISTA”, o judeu sionista Cameroon, que simplesmente, está a serviço do “JUDAICO SIONISMO INTERNACIONAL”, e não a serviço da comunidade que governa, a exemplo do que acontece na Itália(QUEBRADA), que é governada pelo judeu sionista Mário Monti, que é outro “CAVALO DE TRÓIA SIONISTA”, e também na Espanha(QUEBRADA E FLAGELADA), que é dirigida pelo “CAVALO DE TRÓIA SIONISTA”, o judeu sionista Mariano Rajoy, a Grécia (QUEBRADA E FAMINTA) que é a primeira “GAZA” europeia,  tem seu “CAVALO DE TRÓIA SIONISTA” também, o judeu sionista Lucas Papandreu, aí vem mais Irlanda, Romênia, Portugal e etc...
Mas todas estas nações tem algo em comum, estão sob o JUGO ESCRAVISTA DOS SIONISTAS -- “FMI” (SIONISTA), DO “BANCO MUNDIAL” (SIONISTA), DOS “BANCOS PRIVADOS” (SIONISTAS),  DO “BCE” (SIONISTA),  e todos juntos, compõem a “TROYKA” que é comandada pela mais do que nunca “SIONISTA- CHEFE”, “PRIMEIRA MINISTRA DA JÁ DOMINADA E ABSORVIDA, ALEMANHA, que tem por sua vez, um Presidente CORRUPTO e um ministro das Finanças HOMOSSEXUAL declarado, que quando cutucado, como foi o caso com o Presidente da  Bielorussia, dá “xiliques” de três pulinhos.

Quanto aos “USA SIONISTA”, a cada 7,5 segundos, um americano perde seu lar, acumulam também, respeitáveis 100 MILHÕES de pobres, dos quais 11 MILHÕES já perderam até direitos à assistência social, se ficar doente morre, aparece ainda  com 25% de suas crianças abaixo da linha da pobreza.

Confira no artigo do BLOG DE VOLTAIRE77, é só clicar:


E o mundo infantil americano, Terra Mágica de WALT  DISNEY, só existe no cinema e para os desavisados turistas, que pensam que aquilo é real, segundo Michael Petit, presidente da organização governamental estadunidense de defesa dos direitos da infância, Every Child Matters, , questionou por que a violência contra as crianças é muito mais forte nesta nação do que em qualquer outra do mundo industrializado?

De acordo com a BBC Mundo, a cada cinco horas uma criança morre nos EUA SIONISTA como consequência de abusos e negligência. A BBC advertiu que os estadunidenses têm os piores registros de abusos do mundo.

Como se vê, a realidade é outra:

Muitos menores perderam a vida por maus tratos em 2009, ainda que um informe do Congresso considere que o número pode chegar a cerca de 2,5 mil.

EM 10 ANOS 20 000 CRIANÇAS MORRERAM EM CASA POR ABUSOS 4 X MAIS DO QUE SOLDADOS MORRERAM NO AFEGANISTÃO E NO IRAQUE

Confira no artigo do BLOG DE VOLTAIRE77, é só clicar:

Voltaire: EUA ZIONIST – EM 10 ANOS 20 000 CRIANÇAS MORRERAM ... http://voltaire77.blogspot.com/2012/03/bagdad-14-homossessuais-sao-apedrejados.html?spref=tw

Cresce quantidade de crianças em situação de extrema miséria.

Como a ONU é SIONISTA, a OTAN é SIONISTA, a TROYKA é SIONISTA, os EUA e a EUROPA são dominados pelos SIONISTAS e a PÁTRIA do SIONISMO é ISRAEL...bem, em ISRAEL vai tudo bem, obrigado, aos JUDEUS que quiserem fazer uma casa nas terras roubadas aos PALESTINOS, eles recebem 500.000 dólares cada um, e é a FUNDO PERDIDO, não precisa pagar nada! E aos JUDEUS agricultores, lhes é reservado 20 dólares por pé de alface que plantarem no deserto, desde que os vendam por 0,10 de dólar.

Moral da estória:

Onde há JUDEUS na ECONOMIA, automaticamente existe FOME – DESEMPREGO – MISÉRIA, e onde o JUDEU não pode entrar, existe GUERRA – ATENTADOS TERRORISTAS – MASSACRE DE CIVÍS - ASSASSINATOS, exemplo: SÍRIA, LÍBIA, EGITO, LÍBANO, CUBA, VENEZUELA, ARGENTINA, BOLIVIA, YEMEN, AFEGANISTÃO, PAQUISTÃO E ETC... Será que com HITLER foi diferente???!!! Ou não???!!!

20/10/2012 - 15h08 | Redação (*) | São Paulo

Mais de cem mil pessoas saem às ruas de Londres contra medidas de austeridade

Protesto, que se estendeu para outras cidades britânicas, pressiona governo conservador a adotar outras políticas
Agência Efe

Londrinos pedem saída do primeiro-ministro conservador o JUDEU SIONISTA David Cameron

Mais de cem mil de pessoas, segundo a imprensa e os organizadores, tomaram as ruas de Londres e outras cidades britânicas neste sábado (20/10) para protestar contra as medidas de austeridade fiscal que estão sendo adotadas pelo governo britânico. As informações são da agência de notícias France Presse. A polícia metropolitana de Londres, sob o comando do prefeito conservador o JUDEU SIONISTA Boris Johnson, anunciou a presença de apenas dez mil pessoas. O protestos ainda não terminou, e os organizadores aguardam a presença de 250 mil participantes.
Os manifestantes exibiam cartazes pedindo "Chega de cortes" e “Fora com os Tories (Partido Conservador)” e com críticas ao primeiro-ministro conservador, o JUDEU SIONISTA David Cameron.
"Essa não é uma crise que vai se resolver com cortes", reclamou Jonathan, um rapaz de 19 anos. "Nós estamos mergulhados na recessão e estamos aqui hoje para mostrar que não vamos suportar por muito mais tempo".
Os manifestantes também foram até a residência do JUDEU SIONISTA Cameron, em Downing Street, para fazer um coro de vaias.

O movimento acabou se concentrando no Hyde Park, quando o líder da oposição, Ed Miliband, atacou o JUDEU SIONISTACameron.

"Ele insiste num plano econômico que não está funcionando", afirmou Miliband. "A austeridade não é a resposta".

Mas Miliband também foi vaiado pela multidão quando disse que qualquer governo no poder neste momento teria que fazer alguns cortes de gastos. "Haverá decisões difíceis. Não prometo tempos fáceis", afirmou.

Agência Efe

Líder trabalhiosta Ed Miliband discursa para manifestantes, mas acaba vaiado por reconhecer que também não tem outra saída

Brendan Barber, secretário-geral do sindical Trades Union Congress, afirmou que os cortes "estão atingindo os mais pobres e vulneráveis". "Temos uma mensagem clara e forte para o governo. A austeridade não está dando certo. Está atingindo nossos empregos, nossos serviços, nosso padrão de vida", protestou.

Dave Prentis, líder do maior sindical do funcionarismo público britânico, o Unison, afirmou que os cortes de governo estão punindo milhares de funcionários públicos. "Estamos aqui pelas milhares de pessoas que não têm uma escolha. Não podemos suportar mais".

Mas o JUDEU SIONISTA Cameron, cujo Partido Conservador partilha do poder com o centrista Liberal Democratas, insiste que esses cortes de gastos são necessários para equilibrar o orçamento do reino. "Hoje Ed Miliband está liderando uma manifestação para protestar contra cada corte de gasto necessário para aliviar o déficit", disse o premiê, em uma mensagem postada em sua conta no microblog Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário