quinta-feira, 19 de julho de 2012

LÍBIA - RÚSSIA FOI ENGANADA PELOS JUDEUS SIONISTAS

Sionismo judeu, aliado ao Qatar paga dinheiro à mídia russa para desacreditar Assad a exemplo do que fizeram na Líbia

10.07.2012
Qatar paga dinheiro à mídia russa para desacreditar Asad. 16885.jpeg
Por que a Rússia não usou o veto sobre a Líbia? Para onde foi o dinheiro emprestado ao judeu sionista Sarkozy por Kaddafi? Quais são as chances de repetir o "cenário da Líbia" na Síria? Quem "contratou" o Ocidente para matar Muammar Kaddafi e Bashar al-Assad? Estas são as perguntas às quais ao "Pravda.Ru" respondeu Said Gafurov, economista, o diretor e responsável científico do Instituto de Estudos do Oriente Médio e África.
— Acredita-se que a Rússia em relação à Líbia, como dizem, "lavou as mãos".
— A Rússia, como é conhecido, se absteve na ONU de aprovar a resolução 1973. O então presidente Medvedev disse mais tarde em uma entrevista ao Financial Times: "A Rússia cometeu um erro trágico. Se tivéssemos sabido que a "resolução 1973" seria tratada deste jeito, teríamos dado as instruções a votar contra". De fato, Medvedev declarou publicamente que o Ocidente simplesmente havia enganado a Rússia.
E estou repetindo, o que está acontecendo na Líbia, não tem nada a ver com democracia. Tudo isso só pode ser chamado de um golpe militar e a intervenção posterior. Eu não tenho outras palavras.

Nenhum comentário:

Postar um comentário