segunda-feira, 23 de abril de 2012

HIPOCRISIA CRISTÃ – FREIRAS RAPTAM E VENDEM 1 500 CRIANÇAS NA ESPANHA




Freiras suspeitas de vender crianças em Espanha
Por Redação

Aumentou o número de freiras suspeitas de vender crianças, em Espanha.

Em cerca de 1500 denúncias apresentadas entre as décadas de 50 e 70, apenas a Irmã Maria Gómez Valbuena havia sido associada aos crimes. Mas esta segunda-feira uma outra freira viu o seu nome envolvido nas acusações, como cúmplice.

As mulheres são suspeitas de raptar e vender crianças em Espanha. Dada para adoção em 1962, Liberia Hernandez falou ao El País da existência de pelo menos uma cúmplice nos crimes: «Se denunciaram a irmã Maria, mais razão teriam se acusassem a irmã Juana Alonso, que levava e trazia crianças entre a Península Ibérica e as Canárias.»

Liberia explica que terá sido vendida aos oito anos de idade a um casal de Alcoy sem que a mãe soubesse, após ter sido levada para o local de forma temporária devido a problemas financeiros da progenitora.

As legações foram comprovadas por uma testemunha, a freira Mercedes Sanchez, que garante lembrar-se da mãe ir ao local perguntar pela filha: «Durante anos foi à casa perguntar pela filha. Não a abandonou. Mas a irmã Juana despachava-a e dizia para a esquecer, que a filha estava melhor com o outro casal.»
19:10 - 23-04-2012
Imprimir esta notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário